sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Asas Negras - Prólogo - Parte 2

Zach era um Daemon alto, esguio, de corpo atlético. Como seus ancestrais, possuía a pele morena, os cabelos negros, lisos e de fios grossos, e os olhos oblíquos de íris vermelhas. Envergava a armadura do exército, que cobria quase todo o seu corpo, e se tornava ainda mais imponente sobre o enorme antílope, igualmente forte, lânguido e armado. O animal empinou quando Zach puxou suas rédeas com brutalidade, afundando as patas dianteiras no solo arenoso, bufando em protesto e cansaço. Não foi sem alardes que sua família o recebeu, ao sair apressada de dentro da casa, quando ouviu o barulho seco dos cascos do antílope e o tilintar dos metais das armaduras. Não reconheceram o Daemon de imediato, pensado em se tratar de outro oficial qualquer do Exército do Sul. Ailã, o patriarca, impediu a filha de se adiantar ao visitante ainda mais. 

Apesar de estar alquebrado pela doença, o velho conseguia manter a postura altiva e ameaçadora. Saiu à frente da filha e da nora, que mantinha a menina segura num abraço, com o arco retesado e uma flecha apontando para o rosto do soldado, uma das poucas partes que estava desprotegida. 

" Pai! Sou eu! – Zach gritou com a voz falha. Havia horas que não pronunciava uma única palavra e todo o vento que levou na cara secou sua garganta, pois nem para se hidratar ele havia interrompido a corrida. "

O velho Daemon abaixou o arco, ainda retesado em suas mãos calejadas, olhando incrédulo para o filho, sentindo a alegria crescendo em seu peito maltratado. Mariellen soltou Zakiyah involuntariamente, e a garota correu sorridente para junto do pai, por ter o irmão de volta em casa. Zach apeou, permitindo que o Órix se recuperasse da jornada dura que empreendeu. 

" Meu filho! Graças a Olorum! A guerra... acabou?! "

Zach retirou o elmo, deixando à mostra sua fisionomia alterada, quase bárbara. A tatuagem tribal que tinha em sua testa estava escarlate, denunciando seu estado de fúria e terror. As pupilas estavam fechadas em fendas verticais, denunciando que sua Força Psíquica estava completamente despertada e pronta para ser usada a qualquer momento e em toda a sua potência. O rosto do velho pai empalideceu e o sorriso da irmã desmanchou, mas foi Mariellen quem mais se aterrorizou com aquela expressão que jamais vira no rosto de seu amado. A moça estancou a meio caminho de abraçá-lo. Zach percebeu, sentiu em seu íntimo, o terror de sua esposa, mas não desviou seu olhar cruel do pai, que já compreendera a tudo sem que uma palavra fosse pronunciada.


Continua... 
 
Se quiser adquirir o Romance em formato de livro, poderá fazê-lo através destes links:

Clube de Autores - livro em formato impresso.
Amazon Kindle Store - livro em formato digital.
Donativo - Se preferir apenas fazer uma colaboração, pode fazer seu donativo de qualquer valor através do PagSeguro da Uol.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sanka - In Memoriam

Sanka - In Memoriam
02/04/1998 - 20/09/2011